sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

A profissão de barbeiro é milenar, tem mais tempo que se imagina

O texto foi extraído deste livro
Desde a mais remota antiguidade, sempre houve quem se dedicassem a pentear os outros. Ao
longo de milênios, sempre o cabeleireiro teve lugar na intimidade de grandes figuras que fizeram a História e nela ficaram. Além de artífices, esses cabeleireiros se predispunham a ser discretos, confidentes e conselheiros.
No Egito, os faraós e os aristocratas usavam cabeleiras postiças enquanto as mulheres preservavam seus cabelos compridos (frisados, encaracolados, pendentes), com centenas de fios que muitas vezes eram sustentados por armações e ornado de jóias.
Também em Roma os homens utilizavam cabelos compridos e frisados. As mulheres frisavam os cabelos na parte anterior, erguiam altos penteados encaracolando-os, o que era uma arte muito complicada, ou usavam cabeleiras postiças.
Mas foi na França nos reinados de Luís XIV e Luís XVI que as cabeleiras atingiram o apogeu, tanto em penteados femininos quanto masculinos. No final do século XVIII, as cabeleiras atingiam um metro de altura, ostentando jóias e flores e imitando barcos e castelos. Para não estragar o penteado, as damas passavam várias noites sem deitar.
Assim frisar, ondular e amarrar os cabelos são portanto artes com séculos de História. E por estranho que pareça o mesmo acontece com a coloração, sendo perfeitamente assente que os romanos pintavam os cabelos desde a conquista da Gália, talvez por sentirem inveja dos cabelos ruivos dos celtas, rs..rs..


Um comentário:

  1. As barbearias estão em alta nos dias de hoje em todo o país, mas perderam muitos clientes, durante muito tempo, para os grandes centros estéticos, unissex, onde o homem poderia ir para fazer a barba, cortar o cabelo, unhas, etc. As barbearias de hoje, não são só para fazer a barba e cortar o cabelo masculino, e sim agregam vários serviços, com uma temática tipicamente masculina, oferecendo um espaço para tomar uma boa cerveja artesanal, um bom café, e coisas do gênero, além de apresentar um visual "retrô", o que está totalmente na moda. Abraço à todos! http://academiadoscursos.com/

    ResponderExcluir